Inventário Neuropsiquiátrico

O Inventário Neuropsiquiátrico (INP) se baseia nas respostas de um acompanhante informado, de preferência que more com o paciente. Na ausência de um observador informado, o instrumento não poderá ser utilizado.
O INP foi desenvolvido para aplicação em pacientes com doença de Alzheimer e outras demências, mas pode ser útil na avaliação de alterações de comportamento em outras condições.
O questionário é composto por várias questões. Reserve um tempo para ler tudo com calma. Preencha somente se a conexão da internet estiver estável!
Desk do médico

 

SINTOMAS NEUROPSIQUIÁTRICOS

 

Espaço destinado ao detalhamento de aspectos relevantes na investigação de pacientes com sintomas cognitivos e comportamentais

 

Inventário Neuropsiquiátrico

A) DELÍRIOS: o paciente acredita em coisas que você sabe não serem reais? Por exemplo, insiste que alguém está tentando fazer-lhe mal ou roubá-lo? Afirma que seus parentes não são quem dizem ser ou que a casa onde mora não é a sua? Não estou me referindo apenas à desconfiança; estou interessado em verificar se o paciente está convencido que essas coisas estão acontecendo com ele.
A) DELÍRIOS - subquestões - assinale:
arrow&v
arrow&v
B) ALUCINAÇÕES: o paciente vê ou ouve coisas? Parece ver, ouvir ou sentir coisas que não estão presentes? Por esta pergunta não estamos nos referindo apenas a crença falsas, como a de afirmar que alguém que morreu ainda está vivo. Ao contrário, queremos saber se ele realmente tem percepções anormais de sons ou visões.
B) ALUCINAÇÕES - subquestões - assinale:
arrow&v
arrow&v
C) AGITAÇÃO/AGRESSÃO: o paciente passa por períodos em que se recusa a cooperar ou não deixa que os outros o ajudem? É difícil de se lidar com ele?
C) AGITAÇÃO/AGRESSÃO - subquestões - assinale:
arrow&v
arrow&v
D) DEPRESSÃO: o paciente parece triste ou deprimido? Diz sentir-se triste ou deprimido?
D) DEPRESSÃO - subquestões - assinale:
arrow&v
arrow&v
E) ANSIEDADE: o paciente é muito nervoso, preocupado, ou assustado sem razão aparente? Parece muito tenso e inquieto? Tem medo de ficar longe de você?
E) ANSIEDADE - subquestões - assinale:
arrow&v
arrow&v
F) EUFORIA: o paciente parece muito animado ou feliz sem razão aparente? Não estou me referindo à alegria normal de ver amigos, ganhar presentes ou passar tempo com gente da família. Quero saber se o paciente apresenta um bom-humor persistentemente anormal ou acha graça de coisas que os outros não acham.
F) EUFORIA - subquestões - assinale:
arrow&v
arrow&v
G) APATIA/INDIFERENÇA: o paciente perdeu o interesse pelo mundo à sua volta? Perdeu interesse em fazer coisas ou lhe falta motivação para dar início a atividades novas? Tem sido mais difícil engajá-lo em conversas ou afazeres cotidianos? Anda apático ou indiferente?
G) APATIA/INDIFERENÇA - subquestões - assinale:
arrow&v
arrow&v
H) DESINIBIÇÃO: o paciente parece agir impulsivamente, sem pensar? Tem feito ou dito coisas que não são feitas ou ditas em público? Tem feito coisas constrangedoras para você ou para os outros?
H) DESINIBIÇÃO - subquestões - assinale:
arrow&v
arrow&v
I) IRRITAÇÃO/LABILIDADE: o paciente fica irritado e se perturba com facilidade? Seu humor varia muito? Está anormalmente impaciente? Não nos referimos à frustração pela perda de memória ou pela incapacidade de realizar tarefas rotineiras; desejamos saber se o paciente tem andado anormalmente irritado e impaciente ou apresenta oscilações emocionais súbitas, diferentes do seu habitual.
I) IRRITAÇÃO/LABILIDADE - subquestões - assinale:
arrow&v
arrow&v
J) COMPORTAMENTO MOTOR ABERRANTE: o paciente perambula a esmo, faz coisas repetidas como abrir e fechar gavetas ou armários, remexe as coisas à sua volta repetidamente ou fica dando nós em fios e barbantes?
J) COMPORTAMENTO MOTOR ABERRANTE - subquestões - assinale:
arrow&v
arrow&v
L) SONO: o paciente tem tido dificuldade em dormir (não considere se apenas levanta uma ou duas vezes à noite para ir ao banheiro e volta logo a dormir)? Fica de pé à noite? Perambula à noite, se veste ou pertuba seu sono?
L) SONO - subquestões - assinale:
arrow&v
arrow&v
M) APETITE E DISTÚRBIOS ALIMENTARES: o paciente apresentou algum distúrbio do apetite, peso ou mudança alimentar (considere NA se estiver incapacitado e precisar ser alimentado)? Houve alguma diferença em suas preferências alimentares?
M) APETITE E DISTÚRBIOS ALIMENTARES - subquestões - assinale:
arrow&v
arrow&v

Fale comigo


Estou à disposição para o esclarecimento de quaisquer dúvidas!

Rua Matias Cardoso, 129 - Pilotis, Santo Agostinho, Santo Agostinho, Belo Horizonte

Contato do consultório: (31) 98292-1336

Contato do consultório:

Contato para Ligação e  WhatsApp: (31) 98292-1336

©2019 by Dr. Guilherme Marques - Médico Neurologista. Proudly created with Wix.com